Arquivo mensal: abril 2015

1as Jornadas Sul-americanas de Filosofia Árabe: avisos

alhambra1

O curso de Filosofia da PUC-SP dá boas-vindas a todos(as) os(as) participantes das 1as Jornadas Sul-Americanas de Filosofia Árabe. Todas as atividades da Jornada serão gratuitas, não necessitando de inscrição prévia.

Abaixo a programação completa e atualizada: 

1as Jornadas Sul-americanas de Filosofia Árabe

1as Jornadas Sudamericanas de Filosofía Árabe‏

“Estudos em homenagem ao Prof. Carlos Arthur Nascimento”

PUC-SP – Campus Monte Alegre. São Paulo, Brasil.
Auditório 333 – Edifício Bandeira de Mello
Programação

27/04 –– 8h20 – 12h Segunda-feira – Lunes

Minicurso: “Conceptos fundamentales de la filosofía árabe: una aproximación histórico-filológica”

Prof. Dr. Kamal Cumsille
Universidade de Chile / Centro de Estudios Árabes

19h – 22h
Pronunciamento do Centro de Estudos Árabes da Universidade do Chile e
Coordenação do Curso de Filosofia da PUC-SP

Discursos em Homenagem ao Prof. Carlos Arthur Nascimento

Conferência de abertura – Prof. Dr Carlos Arthur Nascimento
“Tomás de Aquino: a unidade do intelecto, contra os averroístas”.

Mediação: Prof. Dr. Jamil Ibrahim Iskandar

Jantar de confraternização – Cena de Camaradería
a partir das 22h. Local: “Central das Artes”. Rua Apinagés, 1081. Sumaré, São Paulo – SP
http://centraldasartes.com.br/

28/04 – Terça-feira – Martes

08h20 – 12h

Minicurso: “Conceptos fundamentales de la filosofía árabe: una aproximación histórico-filológica” (contin.)

Prof. Dr. Kamal Cumsille
Universidade de Chile – Centro de Estudios Árabes

19h – 22h

Conferência

Prof. Dr Rodrigo Karmy – Universidade de Chile / Centro de Estudios Árabes
“Homo non cogitat. Averroes y la potencia del pensar”.

Mediação: Prof. Dr. Jakob Hans Josef Schneider
29/04 – Quarta-feira – Miércoles

Sessão de Comunicações – Ponencias

8h às 8h50 – “A Teoria do Intelecto segundo Al-Farabi. Teologia e Filosofia no Mundo Árabe Latino Medieval”. Prof. Dr. Jakob Hans Josef Schneider (UFU)

8h50 às 9h40 – “Um paroxismo do ‘Experimento do Homem suspenso no Espaço’ ou a maior afinidade de Avicena com a cartografia de Aristóteles do que com a Neoplatônica”. Prof. Dr Antônio Carlos de Madalena Genz (UFRGS / Faculdades IDC-RS)

09h40 às 10h30 – “A filosofia da alma de Avicena e o sermão alemão 17 de Mestre Eckhart: um estudo das fontes islâmicas do pensamento eckhartiano”. Renata Aparecida Lucas (UFES)

10h30 às 11h Intervalo

11h às 11h50 – “Abstração intelectual em Avicena”. Allan Neves Oliveira Silva (UFMG)

11h50 às 12h40 – “Impressão na alma ou concepção do intelecto? Tomás de Aquino, leitor de Avicena”. Matheus Pazos (UNICAMP)

Mediação: Prof.a Dra Yolanda Gamboa Muñoz
Conferências

19h – 22h

Prof. Dr. Jamil Ibrahim Iskandar – UNIFESP
“Avicena entre a filosofia e a religião”

Prof. Dra Cecilia Cavaleiro de Macedo – UNIFESP
“A filosofia judaica em árabe”

Mediação: Prof. Dr. Kamal Cumsille
30/04 – Quinta-feira – Jueves

Sessão de Comunicações – Ponencias

08h às 08h50 – “Da imaginação e dos fantasmas: poéticas imemoriais”. Prof. Dr. Vinícius Nicastro Honesko (UFPR)

08h50 às 9h40 – “Tempos Modernos e a Experiência Comum”. Marcelo Jungmann Pinto (UNIFESP / IFG)

09h40 às 10h30 – “A função da resistência na geração elementar: Tomás de Aquino crítico de Averróis latino”. Evaniel Brás dos Santos (UNICAMP)

Intervalo 10h30 às 11h

11h às 11h50 – “Os percursos manuscritos e editoriais das Crônicas Históricas quinhentistas e a constituição da imagem do contato entre “mouros” e portugueses no Marrocos”. Elena Lombardo (DLCV/FFLCH/USP)

Mediação: Prof. Dr. Jonnefer Barbosa

19h – 22h
Conferências

Prof. Dr. Kamal Cumsille – Universidade do Chile / Centro de Estudios Árabes
“Sobre un deseo ingobernable. Un lectura de la Ciudad Ideal de Alfarabi”.

Prof. Dra Rosalie Pereira – USP
“Al-Fârâbî e a Política, a Arte Real”.

Mediação: Prof. Dr. Rodrigo Karmy Bolton 
Anúncio da próxima edição das Jornadas na Universidade do Chile.

As imagens do cartazes e postagens das 1as Jornadas foram extraídas de fotografias dos mosaicos de palácios de Alhambra, síntese da arquitetura da arte islâmica, construída entre 1248 e 1354 na cidade de Granada.